11/04/2018
Família de médica desaparecida no ES, afirma que ela foi vista na Bahia

família da médica Jaqueline Colodetti, desaparecida desde a última terça-feira (3), no Espírito Santo, foi informada de que ela pegou carona com um caminhoneiro até Poções, na Bahia, no sábado (7). A cidade fica a cerca de 830 km de Vitória.

Familiares receberam uma ligação, na noite deste domingo (8), informando que ela teria entrado num caminhão na BR-116, em Planalto, na Bahia.

"Ontem, às 23h, um dos números que estão sendo divulgados recebeu uma ligação de um caminhoneiro, falando que ele tinha acabado de parar para descansar e recebeu a foto dela no celular. Assim que ele recebeu, ele identificou e ligou para a família para informar que tinha dado uma carona", disse a sobrinha da médica, ElizabettaColodetti.

Segundo ela, o caminhoneiro contou que a médica estava confusa, sem saber para onde queria ir. "Ela estava sem saber para onde queria ir, só queria seguir para frente. Ele falou que a levou para a próxima cidade, não foi na BR", contou a sobrinha.

O delegado José Lopes, que coordena a investigação, disse que as polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal dos estados de Minas Gerais e Bahia foram acionadas e já estão ajudando na procura da médica.

Na última sexta-feira (6), o Corpo de Bombeiros começou a fazer buscas em outros estados, porque a família já acreditava que ela poderia ter saído de carona.

Familiares já viajaram para a Bahia, para percorrer a região em busca de Jaqueline. "Alguns parentes estão indo de carro para a Bahia, outros de avião. Tudo na tentativa de não deixá-la seguir e encontrá-la em Poções ou na cidade mais próxima que ela possa ter conseguido chegar", falou Elizabetta.

Desaparecimento

A médica saiu de casa, em Campo Grande, Cariacica, na Grande Vitória, às 8h30 de terça-feira. Imagens de segurança da garagem do prédio onde ela mora mostram a cardiologista saindo para trabalhar.

A família começou as buscas e encontrou o carro da médica fechado, com todos os pertences dentro, em uma estrada próximo à ponte do Rio Jucu, entre Viana e Domingos Martins.

Moradores de um sítio da região viram a médica dentro do carro estacionado. Dois moradores contaram que ela ficou parada dentro do carro por cerca de duas horas.

Ajuda:

Jaqueline tem três filhos, é loira, magra, tem, aproximadamente, 1,7m de altura, cabelos loiros e olhos castanho claros. A família pede que quem tiver informações sobre o paradeiro dela entre em contato imediatamente pelos telefones (27) 98802-6205, (27) 99989-3396 ou (27) 99909-1524.

Por: G1

Anuncie Aqui Empresa Contato Equipe