14/08/2018
É período de eleição: o respeito ao outro faz um bem à democracia!


2018, ano de eleição para governador, deputados estadual e federal, senador e presidente da república. As redes sociais são instrumentos importantes para a posição política de cada um. Por isso, como haver respeito com tantas divergências?      

Vive-se num período onde o indivíduo tem mais facilidade para se expressar virtualmente, via “redes sociais”, mesmo sendo inoportuno, mentiroso, preconceituoso, mal educado, etc.

Qualquer pessoa que possui um celular com Android, no mínimo, com acesso à internet, “tem o mundo em suas mãos”. Ler notícias, compra e vende, emite opiniões, se comunica com amigos ou “pessoas próximas”, troca informações, discute sobre diversos assuntos, cria ou é incluído em grupos. Ficou muito fácil e veloz a interação entre os indivíduos.

Mas esse processo (sem recorrer à religião) é contraditório. Essa esfera virtual também cria aspectos “negativos”. Muitos usam as redes sociais para cometer diversos crimes, injúrias, difamações, “apologias”, “intolerâncias”, “fakes”, etc. Tem um aspecto interessante, além dos citados, que é a falta de informação.

Usuários sem devidos conhecimentos sobre um assunto dão suas opiniões, desconsiderando as que são baseadas em fatos, pesquisas e argumentos. A superficialidade é alta nos debates.  

Segue dicas para uma pessoa defender sua ideologia e seu candidato, havendo respeito...

1- A principal sugestão é respeitar o posicionamento politico do outro, desde quando, na democracia, isso é garantido em lei.

2- Todas as falas e comentários devem ser vigiados pela consciência. Quando perceber que o debate está originando inimizade ou algum tipo de conflito, pare a discussão, avise ao outro sobre isso.

3- Principalmente quando estiver próximo às eleições, através das redes sociais, o seu candidato poderá ser “detonado”. E dai? Se controle e respeite. Critique também até certo limite.  

4- Membros da esquerda, direita e centros estão envolvidos com corrupção. Todos serão criticados. Respeite!

5- Se membros de um grupo, um amigo ou parente estiverem desinformados, e não queiram se desfazer de suas “verdades”, indique fontes seguras. Se mesmo assim, esses continuaremdesconsiderando os fatos, tudo bem. Respeite! O mundo não vai acabar por causa disso.

6- Se for incluído num grupo onde a ideologia é diferente da sua, se perceber que não tem capacidade em ler, ver ou ouvir criticas e até mentiras, saia.  

7- Se for insultado por causa de uma intolerância, tente dialogar. Se não funcionar, e você considerar que o outro “passou dos limites”, evite o conflito verbal ou físico; consulte um advogado ou uma fonte, para saber se existe possibilidade de processo contra o “agressor”. 

Conclui-se que, acerca de eleições, ideologia e poder, respeitar a escolha do outro é a “alma” da democracia, mesmo havendo conflitos de interesses. É um desafio! 

Fontes consultadas

Significado de Fakes

https://www.significados.com.br/fakes/

Batalha ideológica nas redes sociais incomoda personalidades

http://www.gazetadopovo.com.br/vida-publica/batalha-ideologica-nas-redes-sociais-incomoda-personalidades-9skos4uybfspkhrwc8qnckiv4

Estudo nega que redes sociais criem bolha ideológica

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2015/05/estudo-nega-que-redes-sociais-criem-bolha-ideologica.html

O discurso do ódio nas redes sociais

https://books.google.com.br/books?id=PH1rDQAAQBAJ&pg=PT95&lpg=PT95&dq=conflitos+de+ideologias+nas+redes+sociais&source=bl&ots=2t9WGhAk2a&sig=3nslpTNrp2i0UIW-a5CdjmQ7CiU&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwjY6Ym92PbYAhUGg5AKHQpaCJUQ6AEIRDAF#v=onepage&q=conflitos%20de%20ideologias%20nas%20redes%20sociais&f=false

Em novo ato de intolerância política, sede nacional do PT é atacada

http://www.redebrasilatual.com.br/politica/2016/06/sede-nacional-do-pt-e-atacada-em-novo-ato-de-intolerancia-2702.html

Intolerância da esquerda ajuda a direita fascista

https://www.opovo.com.br/jornal/colunas/menupolitico/2017/09/intolerancia-da-esquerda-ajuda-a-direita-fascista.html

● Por André Luiz Alves de Souza

● É psicanalista. Atende na Clinica Fisioderm. Cel.: 73 99973.6482 (Vivo-com whatsApp); 73 98829.7602 (Oi).  

● É professor concursado.

● É psicopedagogo.

● É licenciado em Filosofia; pós-graduado em Psicopedagogia; formado, clinicamente, em Psicanálise.

● É professor de cursos para concursos e convidado de faculdades.

 ● Licenciatura incompleta em Matemática.

● Críticas, sugestões de temas, títulos e assuntos: drandresouza@hotmail.com.

 

 

Anuncie Aqui Empresa Contato Equipe