Politica

Flamengo vence nos pênaltis e fará clássico brasileiro nas quartas da Libertadores

O Flamengo venceu o Emelec por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (31), no Maracanã, pelo jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, com dois gols de Gabigol. Com o [...]

Por Redação em 01/08/2019 às 09:58:18

O Flamengo venceu o Emelec por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (31), no Maracanã, pelo jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, com dois gols de Gabigol. Com o mesmo placar do jogo de ida, a disputa da vaga foi para as penalidades máximas. Os brasileiros levaram a melhor e conseguiram a classificação.

O Flamengo começou com tudo, como a multidão que lota cada espaço do Maracanã esperava. O Rubro-Negro não deixou o Emelec respirar nenhum segundo no início da partida.

Logo aos 9 minutos, Gabigol abriu o marcador, após o árbitro marcar pênalti em Rafinha. O artilheiro do Fla no ano pôs a marca na cal e depois na rede, incendiando ainda mais o Maraca. Gabigol fez o segundo aos 18 minutos. Depois de grande jogada de Bruno Henrique, o camisa 9 chegou batendo no canto do goleiro equatoriano para aumentar o marcador.

Depois de conseguir empatar o placar do jogo de ida, quando perdeu por 2 a 0, o Rubro-Negro diminuiu o ritmo e a partida ficou mais igual. Emelec continuava apostando nos contra-ataques. O Flamengo teve 66% de posse de bola e finalizou 10 vezes no primeiro tempo.

Depois de um início de jogo arrasador do Flamengo, o Emelec voltou para o segundo tempo com muito mais ímpeto e dominando a partida. Os equatorianos pressionavam muito e não saiam do ataque. Mesmo jogando em casa, era o Fla quem jogava no contra-ataque.

O Fla voltou a assuntar e muito os visitantes aos 15 minutos. Depois de cobrança de escanteio, Bruno Henrique deu uma casquinha e a bola sobrou para Thuller sozinho, dentro da pequena área, mas o zagueiro finalizou para fora.

Faltando 20 minutos para o término da partida, o clima no Maracanã começou a ser de tensão total. O Flamengo tentava uma pressão desorganizada, mas pouco conseguia produzir. O Emelec tentava esfriar como podia o jogo e conseguiu arrastar para as penalidades máximas.

O Flamengo agora enfrenta o Internacional, que mais cedo venceu o Nacional e garantiu a vaga nas quartas de final da Copa Libertadores.

Pênaltis

Flamengo: Arrascaeta (O) Bruno Henrique (O) Renê (O) Rafinha (O) 4

Emelec: Bryan Angulo (O) Cortez (O) Dixon Arroyo (X) Queiroz (X) 2

Ficha técnica Flamengo x Emelec

Flamengo

Diego Alves; Rafinha, Thuler, Pablo Marí e Renê; Cuéllar, Willian Arão e Gerson (Berrío); Everton Ribeiro (Arrascaeta), Bruno Henrique e Gabigol (Reinier)

Técnico: Jorge Jesus

Cartões Amarelo: Bruno Henrique, Willian Arão e Cuéllar

Emelec

Dreer; Baguí, Jaime (Quintero), Caicedo e Mejía; Cabezas, Dixon Arroyo, Godoy (Cortez) e Queiróz; Guerrero (Carabalí) e Bryan Angulo

Técnico: Ismael Recalvo

Cartões Amarelos: Mejía, Dixon Arroyo, Quintero e Guerrero

Público pagante: 61.602

Público presente: 67.664

Renda: R$ 3.992.811,76

Fonte: JP

game 02