10/07/2018
Esposa e filha de militar são encontradas perto de Eunápolis após sequestro relâmpago

Teixeira de Freitas: Esposa e filha do Policial Militar, que teriam desaparecido no final da tarde desta última segunda-feira (09), são encontradas no início da manhã desta terça-feira (10), sendo por volta das 06h00, próximo à cidade de Itagimirim, em um trecho da BR 101 conhecido como “Visgueira”, que faz parte da área territorial do município de Eunápolis. Segundo informações extras oficiais, as duas foram sequestradas, na área Central da cidade de Teixeira de Freitas.

Ainda não há informações de quantas pessoas participaram da ação. As duas foram encontradas por uma pessoa, que teria avistado um veículo dentro de uma manga de capim, que fica às margens da BR, que, quando se aproximou ouviu o pedido de socorro da mãe e da filha. A pessoa então acionou a Polícia Militar através do 190, que já tinha conhecimento do fato ocorrido na cidade de Teixeira de Freitas, e por se tratar da esposa, e filha de um colega, a informação já teria chegado em toda região do Extremo Sul, e nas divisas com Minas Gerais, e Espírito Santo.

Ao passar as características e placa do veículo, se confirmou que seria realmente os familiares do Policial Militar. Foi deslocado uma guarnição, e uma ambulância do SAMU para realizarem o resgate das mesmas. Houve-se uma grande mobilização tanto por parte de policiais que estavam em serviços, bem como de colegas que estavam de folga, no intuito de encontrar as vítimas, durante toda a madrugada. Bem como da população em geral, através das redes sociais e veículos de comunicações de toda a região, no intuito de localizá-las, pois até  então, não sabia o que teria ocorrido.

O policial Militar, cabo PM Leal, se deslocou juntamente com colegas de farda, para a cidade de Eunápolis, assim que a notícia chegou, mas, antes de sair, pediu para a nossa reportagem reforçar o agradecimento a todos os seus colegas de farda, tanto da região do Extremo Sul, quanto dos municípios vizinhos dos Estados do Espírito Santo, e Minas Gerais, bem como a imprensa e as pessoas que se solidarizaram e divulgaram o desaparecimento.

Foram 15 horas de angústia e aflição, mas, graças a Deus elas estão bem. Obrigado a todos pelo apoio. Muito grato mesmo. Que Deus os abençoe.

Por: Liberdadenews

Anuncie Aqui Empresa Contato Equipe