13/03/2018
CORTE : 08 jogadores da Seleção de Itamaraju são dispensados por indisciplina
Na reapresentação da seleção para o início do trabalho de preparação da semana visando o seu terceiro compromisso que desta feita será perante seu torcedor (Barbozão) a LFI, dispensou, nada mais nada menos do que 08 (oito) atletas por indisciplina.

Aí vem o dito popular, quando a cabeça não pensa o corpo paga. O problema vem se arrastando desde a fase final da Copa Verão e inicio da Copa Galhardo Tamandaré de Futsal.

A comissão técnica com apoio da diretoria havia feito um acordo no sentido de que nenhum atleta inscrito para servir a seleção estaria liberado a partir daquele momento para atuar por qualquer competição paralela. Porém, segundo o treinador Jhon Suque, um determinado jogador o procurou e pediu liberação para participar das finais da Copa Verão no dia 03/03, foi quando, meio a contragosto resolveu liberar a todos naquela semana. Mas, palavras do treinador, após o compromisso frente Alcobaça os atletas seriam exclusivos da seleção.

Só que o acordo firmado foi ignorado por alguns atletas, pois no dia seguinte ao jogo contra a AMV (T. de Freitas) eles simplesmente foram defender as suas respectivas equipes nas partidas decisivas pelo campeonato municipal desrespeitando assim uma determinação.

Diante o fato, a diretoria da LFI juntamente com a Comissão Técnica após uma reunião realizada nesta tarde, 12/03, resolveu dispensar os seguintes jogadores: Alex Porto, Vinny, Elias, Guilherme (atacante), Bruno, Peotinha e os irmãos Oropa, Diego e Thiago Máximo.

Falar a verdade é preciso. Antes mesmo do anuncio dos dispensados notava-se que muitos estavam arrependidos.

A posição da LFI, foi correta ou poderia punir descontando um percentual no valor em que percebe cada jogador?

As opiniões serão as mais diversas possíveis. Entretanto, nunca é demais lembrar que o combinado não custa caro!

Com a decisão tomada surgirá oportunidades para outros jovens da cidade. Agora, cá entre nós, dificilmente não pintarão nas próximas horas de três a quatro jogadores estrangeiros, inclusive para o jogo de domingo contra o time de Itabatã.

Por Antônio Reis Viana
Anuncie Aqui Empresa Contato Equipe